20 de nov de 2012

Garota de LA - Capítulo 3: Estou Apaixonada ?


Oiie Gente, 3 capítulo da Web...Gente, não consigo fazer capítulos pequenos, mas ainda vou conseguir.

Meu pai chegou em casa, foi até meu quarto e viu que estava dormindo, ele foi tirar meu tênis quando percebeu que minha perna estava enfaixada, e eu como tenho sono leve, acordei.
- Pai? - Eu disse passando a mão em meus olhos embaçados.
- Ashley, o que você fez na perna?
- Ha, isso, eu cai na escola. - Eu respondi tentando disfarçar.
- Tome mais cuidado. Como foi seu primeiro dia?
- Bem. Conheci algumas pessoas.
- Que bom. Vai tomar um banho.
Ele se retirou e eu fui tomar banho. Estava exausta, e dormi rápido. No dia seguinte, na hora de me trocar coloquei um vestido simples verde, para não machucar meu corte com a calça. Desci e meu pai ainda estava em seu quarto. Comecei a comer.
- Bom Dia ! - Ele disse sorridente, descendo as escadas e arrumando sua gravata vermelha.
- Bom Dia.
- E sua perna? Está melhor?
- Ainda dói um pouco. Estou mancando também.
- Depois da escola passa no consultório, assim eu dou uma olhada. E como está doendo, e você está mancando, eu te levo para a escola.
- Ok.- Alan é muito solidário comigo.
Ele me levou para a escola. Logo na entrada Lindsay estava lá, ela estava me esperando, nunca ninguém me esperou... A maioria das aulas eu tinha com Lindsay, isso era bom. Liam estava bem próximo de mim hoje, parecia um amigo de muitos anos. No intervalo, eu e Lindsay sentamos com Liam e seus amigos, todos eram muito simpáticos. Mandy ficava me encarando, parecia que me julgava dentro de si, mas eu nem liguei muito, estava feliz com Liam ao meu lado o dia todo. O sinal da ultima aula tocou e eu sai junto de Liam, estávamos conversando, eu quase cai quando Liam me segurou. Eu olhei bem fundo nos olhos dele, e ele me levantou.
- Você está bem? - Disse ele pegando alguns livros meus que caíram no chão.
- Sim. Obrigada. Foi minha perna que falhou. - Eu ri.
- É normal. - Ele riu baixo me entregando os livros.
Eu sorri o olhando e ele me acompanhou até o portão, estávamos de mãos dadas, ele me ajudando para que eu não caísse.
- Vai conseguir ir para casa?
- Eu não vou para casa, vou no consultório do meu pai para ele examinar o corte.
- Seu pai é médico?
- Sim. É o Dr. Brown.
- Hum... Então até mais - E ele sorriu
- Até - Eu sorri tímida e fui para o hospital.
Chegando lá perguntei a secretária onde era o consultório de Alan, eu disse que era meu pai. Ela se surpreendeu, disse que eu estava grande, uma mocinha... A porta estava aberta e meu pai estava olhando alguns papéis sobre a mesa.
- Posso entrar?
- Oi, entra. Eu já vou ver você.
Sobre a mesa tinha um retrato, era de nossa família, eu era pequena ainda. Eu fiquei observando a foto sorrindo. Eu nem percebi, mas enquanto olhava a foto, entrou no consultório um garoto.
- Aqui esta o raio-x Dr. Brown.
- Há, obrigada. Ashley esse é o Harry. - O Harry que salvou minha vida.
Eu levantei minha cabeça e o encarei com uma expressão "o que você faz aqui?".
- Oi - Eu disse surpresa.
- Olá, Ashley. - Ele respondeu com a mesma expressão.
- Sente aqui filha. - Meu pai disse.
Eu me sentei à maca, Harry me encarava, eu o encarava, e meu pai examinava minha perna.
- Hum. Esse curativo ficou ótimo. - Harry sorriu vitorioso, olhando para baixo. Eu ri baixo.
- Vocês já se conhecem? - Meu pai perguntou, olhando nossas caras sorridentes.
- Não. - Eu respondi mudando de expressão.
- Não ha nada de errado, eu fiz outro curativo e vou dar um xarope para você Srta. Brown.- Ele se dirigiu a mesa.
- Ué, acho que meu bloco de receita acabou. Vou buscar mais, espere aqui.
Alan se retirou, ele podia ter mandado Harry buscar o bloco, em vez de deixa-lo comigo, estávamos sozinhos.
- Então você é filha do Dr. Brown. - Harry confirmou.
- É. - Eu disse balançando a cabeça.
- E você nem para me falar que trabalha? E ainda com meu pai? - Eu disse um pouco revoltada.
- Eu não sabia que você era filha dele, nem que iria te ver outra vez.
 Eu fiquei quieta. Ele começou a observar a fotografia.
- Essa é você?
- Sim.
- Quando eles se separaram?
- Faz dez anos.
- Porque você não ficou aqui? - Ele perguntou se aproximando de mim.
- Alan é um bom pai, mas eu optei a ficar com minha mãe. - Eu disse meio triste.
- Tudo bem, não é culpa sua. - Ele se aproximou mais, e eu o encarei.
- Você parece com sua mãe.
- Em que sentido? - Eu perguntei o encarando.
- Ela é linda. - Eu sorri, olhando para baixo.
Ele se afastou até a outra parede, e eu pensei porque ele tinha ido embora, eu estava gostando. No mesmo instante meu pai entrou pela porta. Será que ele vê o futuro? Ou é prevenido?
- Aqui está a receita, mas deixa que depois eu compro o remédio.
- Você me fez esperar até agora, só para dizer isso? - Eu disse irônica.
- É que eu queria te dar tchau. - Ele sorriu e eu também.
- Ajuda para descer? - Harry veio ao meu lado e segurou minha mão.
- Obrigada. - Eu sorri.
- Tchau pai - Eu acenei, e ele acenou de volta
Eu me despedi de Harry, ele sorriu, era um lindo sorriso. Quando cheguei em casa fui para o quarto checar meu e-mail. Havia um de minha mãe...

Olá querida, chegou bem? Escreva-me quando puder. Estou terminando minhas malas para Flórida,mas não consigo achar minha blusa azul? sabe onde está? Josh mandou lembranças. Me escreva rápido, se não vou ter que ser obrigada a ligar para Alan.
Beijos, Mamãe.

Ok, ela é rápida mesmo quando quer respostas. Respondi seu e-mail, e fui ler meu livro, mas não conseguia me concentrar, estava pensando em Liam, no jeito que ele é carinhoso comigo, o jeito que ele me segurou, e pegou minha mão, mas também pensava em Harry, nossa conversa, ele era gentil, e tinha um lindo sorriso. Será que estou apaixonada?
Continua...

3 comentários:

  1. Ownn, que capítulo fofo! ^-^

    - SammySacional -
    - Dando Uma de Escritora -

    ResponderExcluir
  2. adorei o capítulo de hoje! super fofo ela e o liam e ela e o harry haha!!! posta logo o próximo, hein? haha!

    ResponderExcluir