2 de jan de 2013

Garota de LA - Capítulo 12: Distância


Oiie Gente, um bom começo de 2013 para vocês!! E a continuação da web.


Quase um mês se passara, e eu não falei mais com Harry. Estava me sentindo mal por dentro, algo que não se descreve. Estava com raiva dele e ao mesmo tempo, achando que fiz uma tempestade em um copo da água, sei que eles só se beijaram, mas para mim foi mais que isso. Sobre essas palavras eu refletia deitada no jardim dos fundos, sobre um cobertor surrado e a brisa leve da manhã batendo em meu rosto. De repente meu telefone toca, era Liam. Eu peguei meu celular me sentando.
- Oi Liam.- Eu disse.
- Oi Ash. Tudo bem?
- Sim.
- É que essa semana você parecia meio a batida. - E ele estava certo, mas não foi só essa semana, quase o mês inteiro, eu estava muito quieta, me sentia mal, não falava com ninguém, nem com a Lindsay, não comia, acho que até Alan sentiu a diferença.
- É, ultimamente me sinto meio cansada.- Menti.
- Ok...Quer dar uma volta? - Ele perguntou, com expectativas de me animar.
- Ha, eu não sei. Não estou com vontade.
- Em plena sexta, de férias você vai ficar em casa? E fazendo o que? De jeito nenhum. - Ele insistiu, e eu ri.
- Ok, você venceu.
- Eu vou te pegar então.
- Me pegar?
- É, porque?
- Como assim, você dirige? Só tem 17.
- Sim, ou você esqueceu que aqui se tira carteira com 16 anos?
- É mesmo. - Nós rimos.
- Ok. Então as 10:00 hs?
- Pode ser.
- Tchau.
- Tchau Liam.
Ele foi me buscar e me levou até um parque, aquele mesmo, que me levara quando estava mal por causa do Harry. Onde sentamos no gramado um do lado do outro.
- Eu me lembro aqui.- Eu disse tentando puxar assunto, para ele não me perguntar porque eu estava triste novamente. Mas ele me ignorou.
- Porque você está triste? Você não é assim, é alegre, divertida...espontânea.- Estava me encarando.
- Eu não quero falar sobre isso.- Respondi, encarando minhas mãos.
- Foi o Harry, não foi?
- Eu odeio dizer isso, mas você tinha razão. Ele me decepcionou novamente.
- Eu falei para você ficar longe dele.
- Mas eu não te ouvi. Eu sou uma burra.
- Você não é burra.
- Há Liam. - Eu deitei minha cabeça em seu ombro, e ele me abraçou e beijou minha cabeça.
 Eu me senti em uma sensação de conforto. Eu já disse e vou dizer novamente, acho que Liam é o certo para mim.
- Se afaste dele, se te faz mal. - Liam disse, ainda me abraçando.
Eu simplesmente concordei com a cabeça, aproveitando o conforto que Liam me trazia.
- Harry é sempre diferente, ele me decepciona, não me liga, sempre está distante. Mas você, sempre me alegra e me conforta, sempre está aqui quando eu preciso.- Eu admiti.
- Tudo bem, não precisa dizer mais nada. Eu sempre vou estar aqui.
Depois de ficar ali por um tempo, Liam me levou para casa.
- Amanhã o Tyler dar uma festa, você não quer ir?- Ele perguntou.
- Não sei. - Não estava afim, e ainda iam ter pessoas da escola.
- Vamos, vai ser legal.- Ele insistiu.
- Tudo bem.
- Legal. Até amanhã, ha, eu venho te buscar, as 20:00hs.
- Ok. Tchau.
É, eu preciso mesmo me divertir.

Continua...

Um comentário:

  1. Liam, seu lindo! ^-^ Ansiosa pelos próximos capítulos; o Liam e a Ashley ficam tão bonitinhos juntos! :D
    Bjos...

    - SammySacional -
    - Dando Uma de Escritora -

    ResponderExcluir